7 Formas de decorar sua casa por camadas- Tutorial

O post de hoje é sobre como decorar sua casa em camadas.

Você já entrou num ambiente e sentiu que algo está faltando, mas não conseguia definir o que era? Provavelmente é à forma como o ambiente está equipado. O que acontece, é que uma divisão só fica bem equilibrada e visualmente agradável quando adicionamos elementos ou acessórios que criam textura, interesse e profundidade.

Em design de interiores, esses elementos chamamos de camadas. Alguns exemplos incluem: espelhos, almofadas, lâmpadas, obras de arte e mantas.

A seleção e o posicionamento desses objetos às vezes podem causar frustração. Isso acontece porque eles não estão em ordem, não geram uma unidade visual do espaço. Mas, se souber usar os elementos corretamente, diferentes tamanhos, cores e texturas bem combinadas e posicionadas, você consegue criar decorações deslumbrantes.

Aqui estão 7 maneiras de decorar sua casa em camadas. Para orientá-lo ao longo das etapas, escolhi projetar um espaço de sala de estar.

Respeite o espaço físico

Se possível, esvazie o ambiente (ou pelo menos remova todos os acessórios) e tire uma foto. Considere o layout, escala, cores e iluminação natural disponíveis. Um esboço do ambiente sempre ajuda a decidir os móveis que você precisa para seu novo visual.

Veja mais: Como medir ambientes

como decorar sua casa em camadas

Se inspire

Agora que você entende seu ambiente, comece escolhendo sua paleta de cores. Para o meu exemplo de sala de estar, estou usando amarelo, cinza e verde que são as cores análogas do círculo cromático. Mas você pode simplificar e escolher apenas cores do mesmo tom (mais claras ou escuras) para focar na sua decoração. Escrevi sobre círculo cromático >aqui<.

Outra maneira de explorar as cores é selecionar uma peça inspiradora. Pode ser uma obra de arte, uma colcha ou uma almofada para escolher sua paleta de cores. Pense neste elemento como seu ponto focal para o ambiente. É algo que chamará atenção, mas permanecerá como parte de toda a decoração.

No meu exemplo aqui, usei o tapete como minha inspiração, pois gostei da estampa. Aí, depois de escolher minha paleta de cores, escolhi elementos padronizados contendo essas mesmas cores da minha peça inspiração, para o resto da minha decoração. A decoração também combina com o estilo moderno / contemporâneo do tapete.

como decorar sua casa em camadas
O tapete é a peça de inspiração para decoração da minha sala. Usei as cores do tapete para montar minha paleta de cores.

Se você tem dúvidas sobre como escolher a paleta de cores ideal para sua casa, aqui > nesse tutorial + fichas de trabalho < eu explico passo a passo como se faz!

Faça a distribuição dos móveis

Agora temos que determinar quais móveis estarão atendendo este ambiente. Lembre-se de sempre considerar suas necessidades em relação à finalidade, estilo, conforto e funcionalidade dos móveis.
Outro fator importante é a circulação ou fluxo de tráfego necessário no ambiente e se os móveis são confortáveis para as necessidade que você precisa. 

Para meu exemplo de sala de estar, permaneci com o sofá que já tinha, que é confortável para minhas necessidades e agrega um design moderno. As almofadas que escolhi têm uma padronagem contemporânea, dando ao sofá mais personalidade. Veja que as opções de tecido refletem não apenas o estilo de decoração que eu queria alcançar, mas também a paleta de cores do meu objeto inspirador que é o tapete.

como decorar sua casa em camadas

Certifique-se de entender completamente as medidas, (largura, altura, profundidade e especialmente o volume) dos móveis ao selecioná-los porque eles tem um grande impacto em sua planta baixa e no espaço como um todo. 

peso visual decoração

Eu recomendo trabalhar com o moodboard, assim você visualiza de uma forma fácil as formas e pesos visuais que os elementos de decoração carregam. > Aprenda a compor ambientes com o moodboard<

Escolha seu ponto focal e obtenha um equilíbrio

Depois que você inseriu os móveis e definiu o seu layout ideal, você deve revelar um ponto focal afim de enfatizar o interesse pelo ambiente. Então, a partir desse ponto focal, você desenha uma linha central imaginária afim de equilibrar o espaço. Se você tem uma peça inspiradora que deseja destacar, ela pode ser o ponto focal, e então, deve ser colocada nesta linha imaginária.

No meu exemplo, não usei minha peça de inspiração (o tapete) como meu ponto focal. Ao invés disso, o meu ponto focal foi a parede ao fundo do sofá que pintei de verde para evidenciá-lo.
Aí depois centralizei o tapete em torno do sofá tornando a parede proeminente.

Então? Como está, você acha que esta sala parece equilibrada?

É evidente que o lado esquerdo da minha sala está vazia, falta algo neh! Por isso é legal usar essa linha imaginária do meio. Justamente para determinar onde as peças adicionais precisam ser colocadas a fim de encontrar um equilíbrio no ambiente. Minha recomendação para esta parte vazia é encontrar uma peça de realce, que forneça peso e traga equilíbrio.

Escolhi os cestos e plantas que tem a escala perfeita para o meu espaço, tem as cores da minha paleta e trás uma decoração mais despojada que eu tanto gosto. Estes elementos complementam o meu estilo, adicionando outra camada ao ambiente.

Amarre os móveis e melhore o olhar

Observe na primeira imagem abaixo, que os móveis parecem soltos no espaço, meio perdidos. Para resolver esse problema, um tapete pode ser usado para trazer equilíbrio e também um pouco de cor e textura ao ambiente. Note, que os tapetes amarram os móveis e direcionam seus olhos.

O tamanho apropriado do tapete deve ser determinado com base na mobília, mas nunca deve ser menor do que o sofá. Veja aqui o guia de como usar tapetes. Também não tenha medo de posicionar um tapete em cima de outro, dá uma olhada nestes > exemplos aqui<

Se a cor da parede e os elementos permanentes, como sofá, poltrona ou cama forem bastante neutros, é fácil adicionar um pouco de cor no seu ambiente através dos tapetes.

Adicione móveis auxiliares e crie equilibrio

Depois de colocar o mobiliário principal e o tapete no lugar, é hora de encontrar peças auxiliares que trarão equilíbrio, camadas e funcionalidade ao seu ambiente. No meu exemplo, a sala de estar ainda precisa de um console para armazenamento e uma mesa de centro. Então, optei por uma sobreposição de mesas que têm um design simples mas interessante, e me fornecem o espaço de superfície necessário. As pernas da mesa, de madeira, combinam com as cores do tapete e do resto do ambiente.

Mesinhas laterais também conseguem alongar o espaço, ao mesmo tempo que são práticas e versáteis, veja este exemplo:

Então, depois de incluir as mesinhas de centro, a sala ainda parece em desequilíbrio. Pois a parede do lado direito ainda está nua, e a parte de cima do ambiente também. Então incorporei um console moderno que adicionou textura e combinou bem com o estilo e minha paleta de cores. O console também serve como armazenamento que eu precisava para este espaço.

Os toques de acabamento

Agora é hora de se divertir enquanto você contempla e brinca com os acessórios que darão vida ao seu estilo, e claro, ajudam a equilibrar o espaço! Isso pode incluir: obras de arte, espelhos, fotos, velas, esculturas, caixas, livros, bandejas, vasos e assim por diante. Eles são as camadas finais que garantem o equilíbrio e criam interesse, textura e profundidade adicionais.

Esses elementos decorativos aumentam o conforto físico, agradam aos olhos e inclusive escondem partes de um ambiente que você prefere não mostrar. Há muitos motivos para utilizar os acessórios.

Lembre-se de que você quer que o ambiente conte uma certa história. Dessa forma, você precisa de camadas que possam traduzir essa história e ajudá-lo, de fato, a atingir seu objetivo.

Faça uma lista dos seus acessórios. Então, consulte sua paleta de cores e lembre-se de que você precisa coordenar texturas e misturar padrões. O tamanho e a funcionalidade dos acessórios também são muito importantes. 

Já uma boa iluminação pode adicionar função e realçar os elementos do espaço garantindo que as cores, padrões e texturas do ambiente tenham melhor aparência.

Imagine um futuro onde você toma decisões de decoração e compras sem arrependimentos?
Pois bem, o @ibdioficial desenvolveu o Guia de Decoração prática que te mostrará passo a passo como criar ambientes que você ama sem indecisões, sem questionar a si mesmo ou comprando as coisas erradas. É, de fato, tudo o que você precisa para decorar sua casa do início ao fim.

curso decoração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − onze =