5 razões para a decoração da casa não estar harmoniosa

Você já se perguntou por que os espaços em sua casa não fluem? Ou por que sair da cozinha para a sala de estar dá uma sensação conflituosa? Se a decoração da sua casa não for harmoniosa, ela nunca parecerá “certa” ou acabada.

Ao decidir quais ambientes lidar primeiro, é importante que você tente manter uma coerência o tempo todo. Se você anda de cômodo em cômodo e tudo parece “estranho”, talvez estas sejam algumas das razões pelas quais …

Você não tem uma paleta de cores da casa inteira.

Uma paleta de cores para a casa inteira é essencial para criar uma aparência harmoniosa. Sem essa paleta de cores definida, os ambientes não fluirão e toda a sua casa parecerá desconexa. Claro, isso vale mais quando a casa tem uma planta baixa aberta, de ambientes integrados. Mas mesmo em ambientes fechados, uma mudança repentina na cor também pode ser bastante chocante.
Na casa dos meus pais, a primeira coisa que fizeram foi pintar cada cômodo com uma cor diferente. Desnecessário dizer que isso resultou em uma aparência desconexa.

O que eu sugiro é que você escolha um tom neutro (um tom de branco ou creme, cinza, > cinge ou mesmo uma versão pálida de uma cor mais saturada). Depois, escolha de 3 a 5 cores de destaque que você gosta e que usará de forma consistente. Não se preocupe com as tendências. É importante que estas sejam as cores que você realmente ame, pois você as usará em toda a sua casa.

decoração da sua casa

Agora – isso não significa que você tenha que pintar todas as paredes da mesma cor. Mas é uma boa ideia manter os cômodos semelhantes. Por exemplo, se o azul marinho for sua cor de destaque dominante, então em um cômodo você pode usá-lo num sofá, no outro cômodo use numa parede de destaque, e no outro você pode usar num tapete. A mesma cor se reflete em toda a sua casa, só que de maneiras diferentes, criando uma sensação de fluxo e harmonia.

Escrevi > aqui < um tutorial de como você pode escolher um esquema de cores para a sua casa. 

Você não utilizou consistentemente madeira, metais ou elementos neutros

Sim, você pode misturar metais e diferentes madeiras, desde que apareçam várias vezes e pareçam intencionais. No entanto, sugiro escolher um e mantê-lo como o elemento “terra” dominante naquele ambiente.

Você não sabe seu estilo de decoração pessoal

Quando se trata de decoração, muitas pessoas não têm uma boa noção de seu estilo pessoal. Como resultado, suas casas parecem uma cópia da casa de outra pessoa ou não têm nenhum senso de coerência. Assim como suas roupas refletem você, os ambientes também devem refletir você.

A melhor parte de descobrir o seu estilo, (sua assinatura) é que isso ajuda a estreitar seu foco e certamente torna a compra dos itens de decoração muito mais fácil – você nunca mais questionará se essa compra vai combinar com sua decoração existente!

Você não precisa rotular seu estilo. Na verdade, sou firmemente contra rotular meu estilo como sendo um estilo desses que a gente vê por aí. Acho que a decoração mais pessoal é geralmente uma mistura de muitos elementos de estilos diferentes. MAS estou ciente de que minha preferência é uma mistura do estilo moderno anos 50/60, com o estilo rústico, o que torna mais fácil identificar o que funcionará ou não em minha casa.

Você é escravo das tendências

Vivemos um momento de sobrecarga de inspiração graças ao Pinterest e programas 3D como SketchUP e Promob. Com tantos espaços bonitos e inspiradores por aí, é fácil cair na armadilha de ser um escravo das tendências.

Por isso, pense bem antes de incorporar essa última tendência em sua casa. Afinal, você provavelmente ficará preso nela por uns bons tantos anos.

Veja Mais: Como incorporar tendências de cores em sua casa

Portanto, conhecer e compreender o estilo de decoração de sua própria casa, bem como ter uma paleta de cores estabelecida, ajudará a mantê-lo focado no que funcionará em sua casa e impedirá que você compre coisas das quais se arrependerá e terá que devolver.

Você não decorou com intenção

Antes de começar a sonhar com amostras de tinta ou o toque de cor perfeito para aquela sala – descubra primeiro como você precisa desse espaço para trabalhar.

A sua sala de estar será um espaço apenas para adultos para relaxar? Ou também precisará servir como uma sala de jogos / área de trabalho / área de lição de casa? Sua sala de jantar será usada todos os dias ou apenas para ocasiões formais?

Isso não só ajudará você a decidir que tipo de móveis você precisa, mas também como organizá-los da melhor maneira para fazer o uso mais eficiente do espaço.

Uma sala de jantar ou sala de estar formal, na qual as crianças raramente estarão, pode ter estofamento branco, mas uma cozinha com copa pode precisar de superfícies e materiais que possam ser limpos de forma mais rápida e fácil.

Sem espaços definidos que funcionem como precisam, sua casa nunca será harmoniosa nem fluirá ou funcionará como deveria.

Portanto, lide com a desordem, reavalie seu espaço e faça o uso mais eficiente do ambiente – isso pode significar mover os móveis ou separar os ambientes em diferentes zonas.

Pensar em todos esses diferentes aspectos ajudará a informar tanto suas escolhas de decoração quanto o uso mais eficiente e eficaz dos espaços em sua casa.

Amou este post? Então você amará este guia!

Como decorar com confiança

4 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − 4 =